Vivacorp

Uso de Drogas e o Legado da Pandemia:

A pandemia do coronavírus trouxe diversas mudanças sociais, comportamentais e emocionais em toda população mundial.

Na pandemia as pessoas ficaram mais reclusas, tiveram medo de adoecer, morrer, perder emprego, ter sua renda diminuída e vivenciaram lutos. Incertezas, ansiedades, depressão…aumento de sentimentos negativos, impactaram na saúde mental

Essa experiência multifacetada e complexa, afetou muitas pessoas em todo o mundo e em diversas esferas (médica, social, política, geopolítica, econômica, religiosa, cultural e civilizacional).

Portanto, é esperado que também ocorram mudanças de comportamentos e hábitos de consumo, inclusive consumo de substâncias psicoativas.

Na tentativa de manejar essas situações e escapar do estresse e da ansiedade muitos se valeram do uso de álcool e drogas. E do desespero ao consumo de drogas há um caminho fácil e rápido.

Você pode pensar que consumir álcool e drogas ajuda a diminuir o estresse, trazendo um alívio momentâneo, mas certamente isso não é um bom mecanismo de enfrentamento.

Além de não resolver os problemas de origem, o consumo vai acabar por aumentar os sintomas ansiedade, depressão, afetar sua qualidade de vida.

Ao contrário, manter-se sóbrio ajuda a manter a vigilância, agir rapidamente e tomar decisões que afetarão a si próprio e aos outros. Portanto evite ficar intoxicado com álcool e outras drogas. E não tome medicamentos calmantes sem prescrição médica.

Na pandemia e depois que tudo isso passar, mantenha bons hábitos, alimente-se corretamente, pratique atividades físicas, mantenha a higiene do sono. Técnicas de respiração e meditação também ajudam.

E se precisar, não hesite em procurar por ajuda profissional qualificada.

Carla Maria Montalto

Especialista em Dependência Química

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
E-mail