Vivacorp

A Ingestão de Álcool e a Gravidez

Nesse artigo abordaremos um tema difícil e que tem se tornado perigosamente recorrente: a ingestão excessiva de álcool durante a gravidez e suas consequências.

O álcool é a substância psicoativa mais usada na sociedade e acompanha a humanidade há séculos, tendo ampla penetração social.

Seu consumo tem sido incentivado na mídia e jovens, de ambos os sexos, tem cada vez mais precocemente se tornado usuários abusivos ou dependentes de álcool. É a droga de maior participação feminina no consumo, consumo este que tem crescido de forma alarmante nas últimas três décadas, aproximando-se rapidamente do padrão de consumo masculino.

O álcool é uma substância com livre passagem pela placenta e age no organismo do bebê. É importante alertar que não existe uma dose “segura” ou um limite pré-estabelecido para a ingestão do álcool pela gestante que não prejudique o bebê. É especialmente nocivo no primeiro trimestre de gestação quando, muitas vezes, a mulher ainda nem sabe que está grávida

O fígado do bebê, que está em formação, metaboliza o álcool mais lentamente que o fígado de sua mãe, isto é, o álcool permanece por mais tempo no organismo do bebê do que no da sua mamãe.

A Ingestão em excesso duplica a incidência de abortos espontâneos, causa trabalho de parto prematuro, baixo peso do recém-nascido e nos piores casos, causa a SAF (síndrome do alcoolismo fetal), que é irreversível.

Na SAF ocorrem: o retardo no crescimento intra-uterino, o retardo do desenvolvimento neuropsicomotor e intelectual, distúrbios do comportamento (irritabilidade e hiperatividade durante a infância), diminuição do tamanho do crânio (microcefalia), malformações da face como nariz curto, lábio superior fino e mandíbula pequena, pés tortos, malformações cardíacas, maior sensibilidade a infecções e maior taxa de mortalidade neonatal. Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que a cada ano, 12 mil bebês no mundo nasçam com SAF.

Vai aqui a minha recomendação para a futura mamãe: evite o álcool e torne sua gravidez mais segura!

Carla Maria Montalto

Especialista em Dependência Química

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
E-mail